1 AM

faz silêncio. aqui não há clamor.nada.nenhum grito ecoa. nada. um vazio gratificante.ninguém habita.um espaço despejado.ninguém habita. em mim. há uma leveza torpe.segura.há uma completude.segura. um desejo tímido.ignoradopra longe. porque não posso.então, faz silêncio!  

feito ontem

Encontro o eterno desencontro ao encontrar o avesso,mas ao encontrá-lo, encontro o direito. Na face morta descascando, eu vejo o ontem.Na face viva emergindo, eu vejo o ontem. Em todas as faces há o ontem. Ontem, ontem, outrora, embora o hoje esteja aqui. Amanhã? Tem ontem. por toda a vida tem a ferida, por toda […]

Gramática

Todos os dias, ao acordar, eu me dou conta que o nosso “nós” se transformou no “tu” e “eu”. Muitas vezes declaramos a insignificância dos pronomes pessoas, esse caso não é um deles, afinal, aqui, é a gramática que causa o vazio. Eu amava o plural. Só que eu fui plural sozinha. Você tende aos […]

Receita de amor

Quem ama confia: Sentença pobre. Quem ama ama. Como poderia um ser confiar amando? Seria uma sensatez, ela não existe no amor. O amor vem pelas colinas do Morro dos Ventos Uivantes E corre ao lado do rio que onde jaz Ofélia. Ele anda de mãos dadas com Baltasar e Blimunda pelos corredores do Convento. […]