Carta aberta ao Grupo da Família no WhatsApp

bom-dia-familia

                           Primeiro, gostaria de pedir desculpas ao meu pai e a minha mãe, pois sei que irei iniciar uma guerra aqui. Não queria ter que fazer isso, mas os eleitores do Bolsonaro presentes estão me obrigando, afinal, assim como tudo, a paciência também tem limites. Eu não aguento mais ver todas essas mentiras e falácias vindas de pessoas que eu tanto amo e desejo bem. Por essa razão, eu decidi escrever uma carta explicando como vejo vocês e seus votos nesse homem tão despreparado e maléfico. Também quero lembrá-los de que não é porquê está “assinado” no final da mensagem de WhatsApp o nome de alguém importante que a notícia é verdade. Quero dizer que meme não é argumentação. Quero pedir para que vocês desenvolvam o hábito de checar as informações antes de enviá-las, porque as fake news nesse grupo são tão absurdas que há momentos em que acho que vocês só podem estar brincando, porém, já percebi que acreditam mesmo nessas mentiras imbecis desde que elas favoreçam o candidato de vocês, mas tudo que não favorecem vocês já dizem que é fake news ou conspiração.

                        Vamos avaliar de uma forma geral o candidato que vocês aqui tanto defendem? Primeiro ponto a ressaltar: um incompetente que adora gastar dinheiro público. Vocês sabiam que ele, apenas em dezembro de 2017, gastou mais de trinta e um mil em cotas parlamentares? Enquanto isso, Marina Silva, em seu último ano como Senadora, gastou apenas seis mil. Como vocês justificam isso? Claro, ainda devemos ressaltar que ele está lá há 28 anos e NUNCA votou contra o aumento de seu próprio salário ou foi contrário à manutenção de benefícios. Além disso, ele foi contra o Plano Real, esse mesmo que fez com que nossa situação econômica saísse do caos. Ah, isso me lembra que, em 1999, Bolsonaro defendeu que “a Ditadura Militar deveria ter fuzilado uns trinta mil, incluindo o Presidente Fernando Henrique Cardoso”, aquele que vocês adoram por privatizar a VALE, criar o Fies e tentar privatizar a Petrobrás. De fato, um excelente Presidente na nossa história, mas que se dependesse do Bolsonaro deveria ter sido fuzilado.

                          Já que entramos nesse tema, Tia Maria, agora, eu quero falar diretamente com a senhora. Você que foi minha madrinha de primeira comunhão e sempre me falou sobre Jesus. Você sabe, eu não sou católica, mas sou uma cristã. A senhora me ensinou tanto sobre Jesus, sobre esse homem que viveu entre nós, morreu por nós e pela mensagem de amor no lugar do ódio. Nunca irei me esquecer quando você me explicou a Crucificação e eu fiquei brava pelo povo ter escolhido salvar Barrabás no lugar de Jesus. Hoje, eu entendo mais, sei que o povo escolheu Barrabás por ele ter um protesto violento e que isso fazia mais sucesso do que um homem que pregava o amor, empatia e o perdão. É uma pena que nesta eleição, a senhora vá endossar a mensagem de ódio de um  outro Barrabás. Vinte séculos depois, Jesus ainda seria crucificado e torturado. E mais, lamentavelmente, vocês votam em uma candidato que defende a tortura. Isso parte o meu coração, Tia Maria. A mulher que me ensinou sobre Jesus e me faz amá-lo, hoje, vota em um homem que diz “Você sabe, eu sou favorável à tortura” ou “O erro da Ditadura foi não ter matado mais”. Vocês negam o mensagem de “amar uns anos outros como eu vos amei” “quem nunca pecou que atire a primeira pedra” e consagram “bandido bom é bandido morto”. Até a minha madrinha de comunhão faz isso, me desculpa, tia, mas eu tenho que falar: se ele voltar, como você vai explicar para ele ter trocado a mensagem dele pela do Bolsonaro? É tia, a senhora não está traindo apenas a minha admiração, a senhora está traindo Jesus, ele disse “Felizes os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.”

                        Agora, tio Adolfo, sejamos sinceros, diferentemente da Tia Maria, o senhor sempre ensinou o ódio e o escárnio fazendo piadas com negros, mulheres e homossexuais. Felizmente, elas nunca ressoaram bem em mim. Aproveito essa oportunidade para dizer que você é o que há de mais sujo nesse país: um preconceituoso e narcisista. Adora pregar que é cidadão de bem, quando na verdade, já quase foi preso pelo “tapinha” que deu na Tia Amélia no restaurante. Adora “defender a família tradicional brasileira”, mas acha que nós esquecemos como você nunca tentou ajudar o seu filho fora do casamento? Sempre clamando das pensões e não sabendo a data do aniversário dele. Tradicionalmente, um péssimo pai. Tanto é que o Eduardinho, todo mundo aqui sabe, usa mais maconha do que qualquer “esquerdista” que o senhor coloca. Prega à ordem, mas não consegue isso nem em casa. Embora, sempre goste de falar que manda na casa, nós sabemos que sem a Tia Amélia o senhor estaria passando fome, porque nem um ovo sabe fritar. Ainda bem que a herança do Vovô foi boa, pois você nunca trabalhou ou soube fazer nada na vida além de subjugar as pessoas. Dever ser por isso que o Bolsonaro te representa, tal como ele, você sempre foi um incompetente preconceituoso que só sabe pagar de machão.

                   Aproveitando, vamos falar do seu filho. Eduardinho, meu primo, você deve ser a pessoa que mais me irrita nesse grupo, afinal, tivemos as mesmas oportunidades de acesso à educação. O que foi que deu errado em você então? Antes de você me chamar de “sabe tudo”, já vou te corrigindo, eu não sei tudo, eu só sei mais do que você(o que não é difícil). E esse mérito é do meu esforço e não vou ficar bancando a boba aqui, é óbvio que eu sou mais inteligente que você. Eu leio e me informo para isso, eu estudo história e geopolítica, eu frequento museus e tento entender mais sobre política, sociologia e filosofia. É evidente que eu seria mais inteligente do que um “playboy” que só fica indo em baladas, faz Direito só para formar, mas quando vai discutir a Constituição Federal comigo, não sabe nem o que é Cláusula Pétrea. Então, quando você usa a camisa “Bolsonaro Mito” ou diz que a Ditadura devia voltar, bem, você só está deixando transparecer a sua burrice de uma forma mais concreta. Claramente, você não era bom em História na escola. Na verdade, você sempre foi bom em uma coisa só: se gabar. Nunca trabalhou, nunca fez nada de útil e sempre se nega a levar a Vovó ao médico, mas nunca deixa de pedir “cenzinho” para ela. Quer pregar que o Estado não tem que ajudar “vagabundo”, mas ela te ajudar a pagar a sua maconha pode? Das propostas do seu candidato, a única que você sabe é a do discurso de ódio. Você votar nele, não me surpreende, afinal, você lembra bem os parasitas que são filhos dele. Pede ele pra te adotar.

                          Já que estamos falando da juventude, Prima Valentina, eu acabei de ver a sua postagem “Mulheres com o Bolsonaro”, você poderia me explicar como um candidato que não tem proposta nenhuma para o combate ao machismo(na verdade, ele tem o machismo como proposta) pode te ajudar com mulher? Já sei, você vai me falar que odeia o feminismo. Então, já vou esclarecendo que você odeia a igualdade, mas já que você tem asco do feminismo, eu te indico não votar, afinal, foi a Primeira Onda Feminista que consagrou que as mulheres pudessem votar. Se dependesse daqueles que são contrários ao feminismo, você não teria direito ao voto. Sendo assim, não honre as feministas sufragistas do século XX, fique em casa e honre o que você defende. Sendo sincera, eu não tenho nada contra você querer ser dona de casa e mãe de três filhos, espero que você realize esse sonho. O meu é ser uma advogada de sucesso como a Amal Clooney e me destacar na política, casar não é o meu sonho. É um escolha. É isso que o feminismo defende: as escolhas das mulheres. Eu odeio cozinhar, você adora, você acha justo que, nos almoços de domingo, me cobrem isso e digam “desse jeito não vai casar”? Já te vi rindo da minha resposta, então não acho que você apoie esse discurso da Tia Amélia. Entenda, não há nada de errado com as mulheres que querem comandar o fogão, mas eu prefiro a ideia de comandar um país. O feminismo garante que ambas sigam no que preferirem. Valentina, como você pode votar em um homem que disse que não estupraria uma mulher “porque ela não merecia, era feia”? Ou quando ele falou que a filha fora uma “fraquejada”? Vamos lá, Tina! Você não precisa queimar sutiãs para ser feminista e defender os nosso direitos! Você pode começar não votando em homens que nos desrespeitam!

                    Inclusive, Vovó Janaína, vamos combinar uma coisa? O Bolsonaro não é contrário do PT, ao contrário, ele muito votou com o PT nesses vinte oito anos de parasitação pública. Tanto é que ele mesmo admite que já votou no Lula. E há diversas outras opções que até confrontam mais o PT. E sejamos francos, a senhora sempre odiou o PT, isso não tem nada a ver com a Lavajato. É mais preconceito mesmo, ou acha mesmo que eu esqueci que você disse que não votaria na Marina por ela ter cara de “lavadeira”? Não podemos só demonizar um partido, devemos analizar que o PT trouxe sim avanços para o Brasil, imensos no Governo Lula. No entanto, ele também sistematizou a corrupção de uma forma quase brilhante, o custo disso é a atual crise brasileira. Eu concordo com isso, tanto concordo que fui acampar pelo impeachment de Dilma Rousseff. Naquela época vocês me elogiavam por verem em mim uma espelho e não pelo meu comprometimento com a Democracia, agora, eu mantenho a mesma postura, mas não devo ser mais tão inteligente por não estar mais concordando com vocês. Infelizmente, vocês não percebem que o PT não é a causa mãe de todos os problemas do Brasil, é bem simples, o PT esteve no poder por quatorze anos. O Brasil está um caos desde 1822. Vejo que Sérgio Buarque de Hollanda estava certo, o patrimonialismo é o grande problema. Quando nos tornamos independente, Dom Pedro I consagrou um Estado dele. Praticamente todos os nossos governos seguiram lógicas de projeto de poder, não de país, inclusive o PT. A política no Brasil nunca foi sobre o melhor para o país, mas sim, para os grupos. Isso também é consagrado no seu voto. Você prefere o ódio pessoal ao PT do que o melhor para o país, afinal, me disse “esse bolsonaro é pode destruir o Brasil, mas pelo menos o Lula não vai gostar dele ter ganhado, temos que tirar o PT do poder”. É, vovó, eu amo a senhora, mas esse pensamento é tão egoísta que parece a Sofia quebrando nosso vídeo game só para que eu não jogasse, sendo que ela também ficaria sem vídeo game. E você deixou ela de castigo por isso, deveríamos fazer o mesmo com a senhora?

                    Tio Fred, sua vez, de todos os eleitores do Bolsonaro, você é o que tem o melhor argumento para mim: economia. Bem, essa é uma preocupação válida e fundamental. O Estado depende de boas propostas econômicas para funcionar. O Governo de Itamar Franco, Ministro da Fazenda Fernando Henrique Cardoso, consagrou o combate à inflação. Depois, como Presidente, FHC manteve suas políticas econômicas e criou a Lei de Responsabilidade Fiscal, privatizou a VALE e tantas outras medidas; obteve sucesso, mas também viveu crises. O Governo Lula, ironicamente, manteve as políticas econômicas do psdbista, o Ministro Palocci privatizou e fez concessões privadas, também transformou o BNDES, em um auxílio propina, depois Guido Mantega ampliou isso. Só que inegavelmente, o Brasil viveu um auge econômico e social em seu governo. O Governo de Dilma Rousseff, na figura de seu Ministro da Fazenda Guido Mantega, faz um excelente trabalho em criar mais déficits e mais dívida. Afinal, para que isentar tantos bancos e a FIFA? No final, ela, percebendo seu erro, convidou Joaquim Levy para o Ministério, ele defendeu corte de gastos, mas pouco melhorou a Economia. Medidas semelhantes às que Henrique Meirelles, que fora Presidente do Banco Central no Governo Lula, fez como Ministro da Fazenda no Governo Temer. O resultado? Embora ainda em crise, o Brasil saiu da recessão econômica. Sabe o que garantiu nossos êxitos? As escolhas responsáveis de nossos presidentes, os Ministros por si só não representaram toda a política econômica, tanto é que Joaquim Levy era um excelente Ministro, mas encontrou um obstáculo na visão nacional desenvolvimentista de Dilma. É uma péssima ideia eleger um deputado com vinte oito anos de carreira, que sempre votou orçamentos e leis tributários, mas não sabe nada de economia. Era função dele saber e entender sobre o tema. Nos 28 anos que esteve lá, será que ele votou na sorte então e nunca leu nada sobre os assuntos que votava? Sinceramente, isso demonstra um dos cernes do déficit público atual: a incompetência do legislativo. O que ele ganhou com toda esse despreparo? Possivelmente, a Presidência da República, nessas horas, vocês não valorizam meritocracia. Além disso, vou te contar uma novidade assombrosa, ao comparar os currículos e trajetórias dos possíveis ministros da fazenda, o Paulo Guedes passa vergonha. Grande cargo que ele já ocupou? Dirigiu a Localiza, aquela empresa que aluga carros. Compare com o Gustavo Franco, do Amoedo, comandou o Banco Mundial. Então, se a carta na manga do Bolsonaro é o Posto Ipiranga, quer dizer, Paulo Guedes, queria dizer que o Brasil vai perder esse jogo mais uma vez.

              É família, como vocês podem ver, é bem claro que seus argumentos não são racionais. Vocês estão divididos entre o medo, a desinformação e o ódio. Isso não irá ajudar o Brasil. Há muitos de vocês que têm opiniões diferentes das minhas e isso não é um problema, mas o ódio não é uma opinião, o preconceito não é uma bandeira respeitável e desinformação tem que ser combatida. Continuo amando quase todos vocês do mesmo jeito, mas não suportava mais ler tanto apoio infundado nesse sujeito que não teve em sua trajetória uma moral de servil na política, mas sim de ser servido pela política. Afinal, como explicar o enriquecimento dele e todos os filhos homens em cargos públicos? Digitem 432% no Google e vejam que o Lulinha fez escola. Espero que não me odeiem por ter dado uma pausa na hipocrisia diária da nossa família, mas se odiarem, tudo bem, é melhor ser odiada por combater mentiras do que aplaudida por falá-las.

                 Ah, quase esqueci do José, eu não sei porque você ficou assim, não para de repetir “Bolsonaro Mito” e nunca argumenta nada sobre o sua opinião. Você só parece gostar dele e não quer mudar isso, mesmo quando eu tento te ensinar algo novo. Só que eu entendo, afinal, você é o nosso papagaio – literalmente – e essa família está estragando até meu bichinho de estimação, mas ele tem uma boa desculpa para votar em quem atenta contra os Direitos Humanos, ele é um animal. E de fato, o Bolsonaro não atentou contra os animais ainda. Isso até me lembra a Baleia, aquela cadela de Vidas Secas, que sonhava com um céu de preás. Eu só sonho com um país não sendo governado por esse fascista e um grupo de família que leia jornais, cheque informações e seja menos hipócrita.

 

Saudosamente,

a próxima expulsa do grupo da família

Um comentário sobre “Carta aberta ao Grupo da Família no WhatsApp

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s